JBS e Bertin anunciam formação de gigante de carne bovina

A negociação da JBS com a Bertin  tem como objetivo unir as operações das duas empresas e criará uma nova companhia. A Bertin, fundada há cerca de 30 anos é também uma das maiores exportadoras de produtos de origem animal da América Latina, como carne bovina in natura e processada, lácteos e couros. A empresa tem 38 unidades produtivas no Brasil e no exterior e emprega mais de 35 mil funcionários.

 

A JBS possui uma capacidade global de abate de 73,9 mil cabeças/dia, com operações em 25 plantas industriais em 9 Estados brasileiros, 6 plantas em 4 províncias argentinas, além de 16 plantas nos EUA, 10 na Austrália e 8 na Itália. A empresa, maior exportadora mundial de carne bovina, tem capacidade total de abates no Brasil de aproximadamente 26 mil animais por dia.

 

"Os acionistas controladores da JBS, J&F Participações e ZMF Fundo de Investimento em Participações concordaram em contribuir para uma sociedade holding a totalidade das ações que ambos detêm na JBS", afirmou o comunicado. Por sua vez, os acionistas controladores da Bertin concordaram em contribuir para a nova holding com ações representativas de 73,1% do capital da empresa. As partes informaram que estão analisando a melhor estrutura de integração das operações da Bertin e da JBS.

 

"Estima-se que os valores de capital próprio da Bertin e da JBS devem estar na proporção de aproximadamente 40%-60%", informam as empresas. O Banco JP Morgan e o Santander Brasil atuaram como assessores financeiros exclusivos da JBS e da Bertin para a operação.

 

Aves:  O anúncio da associação com a Bertin foi feito no mesmo dia em que o JBS divulgou a compra da americana do setor de frangos Pilgrim's Pride, empresa que está em recuperação judicial, por cerca de US$ 2,8 bilhões. "A JBS USA se tornará titular inicialmente de ações representativas de 64% do capital social total da Pilgrim's Pride e, como resultado, os antigos acionistas da Pilgrim's Pride passarão a deter o restante do capital social, correspondente a 36%", afirmou a JBS em nota separada.

 

Para a sua conclusão, a aquisição contará com linhas de crédito suficientes para financiar dívida de aproximadamente US$ 1,5 bilhão. Com o negócio, a empresa brasileira entra no setor de carne de frango, adquirindo uma das maiores companhias americanas do segmento avícola. A Pilgrim's Pride possui 33 unidades de processamento nos EUA, três de processamento no México e uma em Porto Rico, e emprega aproximadamente 41 mil trabalhadores. A Pilgrim's tem capacidade instalada de processar cerca de 4,1 milhões de t de frango por ano. No ano fiscal de 2008, a empresa registrou receita líquida de cerca de US$ 8,5 bilhões.

FONTE: Invertia