LIXO LIMPO AgE - Conexão Suécia - Resíduo Zero

Gestão Integrada de Resíduos Sólidos Municipais

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Proposta de manejo, valorização, aproveitamento econômico dos resíduos sólidos municipais – RSM (lixo) pela Coleta Seletiva Segregada de Resíduos Separados na Origem, reciclagem, aproveitamento econômico dos rejeitos da reciclagem e da fração orgânica do lixo

 Logística de gerenciamento dos RSM da ECONOMIA CIRCULAR & Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), AGENDA ONU 2030. “Declaração Global de Interdependência”, António Guterres, Secretário Geral da ONU

Arranjo operacional,  modelo de negócio com investimentos – CAPEX e custos operacionais – OPEX inferiores aos da coleta (de lixo) convencional 

dulo I – Coleta Seletiva SEGREGADA de Resíduos Separados na Origem. Logística para universalizar e dar hegemonia a Coleta Seletiva Segregada sobre a coleta convencional, associada ou não a métrica de aferição, controle por volume e ou quantidade (peso) de resíduos separados na origem – “Source Sorting” e EcoPontosCarrie-on” e Veiculares, etc.. Conceito “LIXO LIMPO AgE CONEXÃO SUÉCIA – “Resíduo Zero”;

Módulo I (+)AÇÃO VOLUNTÁRIA COM RECOMPENSA, programa de pontuação e premiação ao apoio dos munícipes à universalização da Coleta Seletiva Segregada de Resíduos Separados na Origem;

Módulo II – Pátio de Gerenciamento e Valorização de Resíduos, estrutura de logística de apoio a coleta seletiva segregada. Integração com isonomia e legalidade, em ambiente 3R’s, da separação da origem e da coleta seletiva segregada dos resíduos com a indústria da reciclagem de cada município, área ou localidade;

Módulo III – BioUsina, unidade de Digestão Anaeróbia – D.A., BioUsina para aproveitamento energético, agronômico, econômico dos resíduos orgânicos da Coleta Seletiva;

Módulo IV – Produção de Combustível Derivado de Resíduos – “CDR”, unidade de geração de “CDR” em ambiente 3R’s para viabilizar o aproveitamento econômico dos rejeitos da reciclagem a partir da geração de energia;

Módulo IV (+) – Geração de energia a partir de “CDR”, unidade de geração de energia, calor, vapor e ou eletricidade a partir dos rejeitos da reciclagem;

Módulo V – Incineração dos Resíduos de Serviços de Saúde – RSS, unidade de incineração dos resíduos dos serviços de saúde;

Para saber mais de cada módulo, das ferramentas e know-how AgE para implantação da proposta conheça também o Portal FleetRouteTM  CIVIX AgE para planejamento, monitoramento e controle de rotas e frotas de veículos de coletas de resíduos; a plataforma BIG DATA INDICIUM AgE de identificação, localização e métrica da geração de resíduos sólidos municipais, SECOS e ÚMIDOS (inorgânicos e orgânicos) por domicílio e  estabelecimentos comerciais para qualquer localidade, município ou região do Brasil;   

Faça download dos folders, entre em contato para conhecer melhor nossa proposta LIXO LIMPO AgEMaiores informações entre em contato com nosso setor comercial aqui;